Seminário Nacional de Arte e Educação tem cursos on-line e gratuitos

Seminário Nacional de Arte e Educação tem cursos on-line e gratuitos

 

O primeiro “Seminário Nacional de Arte e Educação”, realizado pelo Serviço Social do Comércio (SESC), vai promover mesas de debates e cursos on-line e gratuitos com temas como racismo nas redes, educação, cinema e arte pública. O evento será de 23 a 25 de novembro, com vagas limitadas, e as inscrições devem ser feitas até o dia o dia 15 de novembro pelo site da instituição.

Os cursos on-line e gratuitos do SESC têm como objetivo debater questões relacionadas à diversidade, acessibilidade, diferenças de gerações e territorialidade e aos modos de mediação e desenvolvimento cultural.

Os cursos serão realizados sempre pela manhã, das 10h às 12h (horário de Brasília), por meio pela plataforma Teams. As oficinas são direcionadas aos profissionais de cultura e comunicação – educadores, artistas, críticos, curadores, produtores e aos profissionais de educação – professores de dança, artes visuais, música e teatro, que atuam na Educação Básica. Não haverá emissão de declaração para as mesas de debates, somente para as oficinas.

Confira alguns cursos com informações divulgadas pelo projeto:

Racismo nas Redes: da Desinformação aos Algoritmos (23/11)

Com a participação de Tarcizio Silva, pesquisador, produtor cultural e mestre em Comunicação e Cultura Contemporâneas pela UFBA, esse curso apresenta um panorama dos debates sobre camadas digitais da discriminação e violência racial nos ambientes digitais.

O que é público? Caminhos para Mediação Cultural e Arte Pública (23/11)

Ministrado por Lúcia Padilha, arquiteta, arte educadora e produtora cultural, esse curso abordará os conceitos sobre a arte pública e a utilização desses acervos como recurso para mediação cultural e ações educativas multidisciplinares e transversais, tendo como referência o conjunto de obras de arte pública da cidade do Recife mapeadas pelo projeto “Recife Arte Pública”.

Cinema e Educação (24/11)

Abordagem da linguagem do audiovisual a partir de saberes localizados e formulados por perspectivas diferenciadas e dissidentes. O curso será ministrado por Noá Bonoba, travesti, atriz, roteirista, cineasta, preparadora de elenco, dramaturga, Doutoranda pelo PPGCOM – UFC. 

Mediação Teatral: entre o Presencial e o Digital (24/11)

Ministrada por Poliana Bicalho, que é mãe, educadora, pesquisadora e mediadora cultural, a oficina aborda o campo teórico-metodológico da mediação cultural, com recorte na práxis desenvolvida no campo das artes cênicas.