2,3 toneladas de cocaína foram aprendidas no Ceará em 2021

 

A apreensão de drogas no Ceará registrou um novo recorde. Foram mais de 2,3 toneladas de cocaína retiradas de circulação entre os meses de janeiro e dezembro. Houve um aumento de 400% nos casos de apreensão de drogas no Estado, já que no mesmo período do ano passado foram 463,4 quilos. O balanço é o maior registrado em toda a série histórica de apreensões desse tipo de entorpecente. 

A Secretaria de Segurança Pública destaca ainda que nos oito primeiros dias de dezembro 1,3 tonelada de cocaína foi apreendida no Estado. Um dos casos aconteceu no município de Chaval na última quarta-feira, 8, quando 1.037 quilos foram apreendidos. Na ação, três pessoas suspeitas de tráfico de drogas foram presas em flagrante.

Entre janeiro e novembro, o Estado acumulou quase seis toneladas de drogas apreendidas. O total de 5.591,42 quilos de entorpecentes entre cocaína, crack, maconha e derivados de Cannabis foram retirados de circulação pelas Forças de Segurança.

Para o titular da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), Sandro Caron, o aumento das apreensões é fruto de um trabalho integrado entre as inteligências policiais. O resultado, segundo ele, vem do aprofundamento das investigações conduzidas pelas delegacias da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) com foco na desarticulação de grupos criminosos e da intensificação do trabalho ostensivo da Polícia Militar do Ceará (PMCE) nas ruas.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As denúncias podem ser feitas para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101 0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.

O povo

Postagem Anterior Próxima Postagem