Camilo reafirma confiança em Ciro e Cid e defende aproximação com Lula

Camilo reafirma confiança em Ciro e Cid e defende aproximação com Lula

 

O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), comentou, nesta sexta-feira, 17, os efeitos políticos da Operação da Polícia Federal que teve os irmãos Ciro e Cid Gomes como alvos nesta semana e que investiga suposto esquema de pagamento de propina por obras do estádio Castelão para a Copa de 2014. Santana reafirmou a confiança nos aliados e agradeceu a manifestação do ex-presidente Lula (PT) sobre o caso. A declaração foi dada em entrevista ao programa Jogo Político do O POVO.

"Quero reafirmar primeiro que defendo qualquer investigação a qualquer pessoa. O que estranhou (na operação) foi um assunto que ocorreu há praticamente 10 anos e a forma como ela foi realizada. Nós precisamos questionar. Há um debate nacional sobre o uso das instituições por esse governo (federal)."

E seguiu: "O que eu posso dizer é que Ciro e Cid são homens públicos que prestam grandes serviços ao Estado e a ao País. A Justiça vai clarear tudo isso que ocorreu. Houve várias manifestações de solidariedade do país inteiro em Ciro e Cid. Essa posição do Lula foi louvável e um gesto importante", pontuou Camilo.

Segundo o governador, as divergências entre petistas e pedetistas são menores que as convergências. "Por mais que Lula e Ciro estejam numa disputa, os dois compreendem que há muito mais convergência do ponto de vista da visão do país do que divergência", encerrou.

O povo