Ceará tem previsão de chuva e céu parcialmente nublado até quinta-feira, 30

Ceará tem previsão de chuva e céu parcialmente nublado até quinta-feira, 30


A previsão do tempo para os próximos dois dias no Ceará, quarta e quinta-feira, 29 e 30 de dezembro, indica probabilidade de chuvas. É o que mostra o relatório emitido pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), nesta terça-feira, 28. Há ainda expectativa de céu nublado e parcialmente nublado na maior parte das regiões cearense. Segundo a Fundação, esta quinta-feira, 30, marca o dia mais favorável para chuva no Estado.

Além da faixa litorânea, o Maciço de Baturité também registra condições de chuva, com intensidade fraca a moderada, nesta quarta-feira, 29, no período da manhã. O boletim ainda indica chuvas isoladas e passageiras à tarde e à noite, na Ibiapaba, no Sertão Central e Inhamuns, em Jaguaribana e no Cariri.

Nas demais regiões, ainda nesta quarta, 29, há baixa possibilidade de chuva. É indicado a presença de céu parcialmente nublado a poucas nuvens em todas as macrorregiões.

Já para quinta, 30, estão previstas chuvas de intensidade fraca a forte, com destaque para o centro-norte do Ceará. Segundo a Funceme, é alta a possibilidade de chuva na faixa litorânea e no Maciço de Baturité. Essas precipitações devem iniciar entre a madrugada e a manhã e, no período da tarde e início da noite, devem avançar para Ibiapaba e para o norte do Sertão Central, Inhamuns e em Jaguaribana.

Pela noite, as chuvas devem ainda atingir a região do Cariri e sul dos Inhamuns. Nas demais regiões, há baixa possibilidade de chuva. Durante o dia, o céu também indica variação de nublado a parcialmente nublado em todas as macrorregiões.

Durante esta terça-feira, 28, o Ceará apresentou chuvas pontuais e passageiras, além de céu variando de parcialmente nublado a poucas nuvens em todas as macrorregiões. Houve registro de chuvas isoladas em Ibiapaba, no Litoral Norte, na Jaguaribana, no norte do Sertão Central e Inhamuns e no Cariri.

Segundo a Funceme, as precipitações esperadas para os próximos dias se dão, principalmente, devido à formação de áreas de instabilidade devido à presença de uma Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS). O fenômeno consiste em uma banda de nuvens com orientação noroeste-sudeste, se estendendo da região amazônica até o sudeste do Brasil. Ele pode também alcançar o sul do Nordeste, como acontece atualmente na Bahia.

O povo