Chefe de facção que trabalhava com traficante Majestade é preso no Ceará

Chefe de facção que trabalhava com traficante Majestade é preso no Ceará

 

Foi preso nesta quinta-feira (2) um homem apontado como chefe de facção criminosa em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza, e que trabalhava em conjunto à traficante Francisca Valeska Pereira Monteiro, conhecida como Majestade, capturada em agosto.

Jurandir de Oliveira Campos Filho, de 23 anos, conhecido como "Didi da Catuana", era considerado foragido por diversos crimes, como homicídios, integrante de organização criminosa, porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas. Um dos casos com envolvimento de Jurandir é a execução de duas irmãs na frente dos próprios pais, em julho deste ano.

Ele também pode estar envolvido nas mortes de três homens, cujos corpos foram encontrados na noite desta quarta-feira (1º). As vítimas eram Pedro Leal da Silva, de 53 anos, Keilon Martins da Silva, 23 anos e Kearney Martins da Silva, 25 anos, pai e dois filhos vindos de São Paulo.

Ainda de acordo com levantamentos policiais da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE), Jurandir seria responsável pela comercialização de entorpecentes e crimes nos Bairros de Catuana e Sítios Novos, em Caucaia. Ele foi localizado e preso na casa da própria mãe. Jurandir foi conduzido para a Delegacia Metropolitana de Caucaia (DMC), onde foi cumprido mandado contra ele. A PC-CE segue apurando o envolvimento dele em crimes de homicídios na região.

G1 CE