Ciro e Cid Gomes têm sigilos telefônicos e bancários quebrados

Ciro e Cid Gomes têm sigilos telefônicos e bancários quebrados

 

Alvos de operação da Polícia Federal nesta quarta-feira, 15, os irmãos pedetistas Cid e Ciro Gomes tiveram quebrados os sigilos telefônicos, bancários, fiscal e telemáticos, assim como o secretário de Infraestrutura do Ceará, Lúcio Gomes. A Polícia Federal deflagrou operação nesta manhã para apurar propina a servidores para suposto favorecimento a empresa Galvão Engenharia, vencedora de licitação no Castelão. 

A Polícia Federal deflagrou operação nesta manhã para apurar propina a servidores para suposto favorecimento a empresa Galvão Engenharia, vencedora de licitação no Castelão. 

Na decisão que determina as quebras, o juiz Danilo Dias Vasconcelos de Almeida, da 32ª Vara Federal do Ceará, determina a apreensão de computadores, telefones celulares, tablets, pendrives e outros dispositivos de armazenamento de mídia, "sejam eles funcionais e/ou particulares."

O magistrado especifica que os investigadores estão autorizados a acessar todos os dados, como fotos, áudios e conversas em WhatsApp e Telegram. Também poderão vasculhar informações contidas na "nuvem" - armazenamento online - dos eletrônicos e e-mails.

Danilo determina ainda que as operadoras de telefonia ou internet forneçam os extratos dos terminais telefônicos e o espelhamento dos dados armazenados nos telefones e endereços eletrônicos que constam na decisão, entre 1º de janeiro de 2007 e 31 de dezembro de 2018, caso ainda estejam em arquivo.

O povo