Dois homens são presos após reclamar de latidos e matar cão a facadas no Ceará


Dois homens foram presos após matarem um cão a facadas na zona rural de Senador Pompeu, a 266 quilômetros de distância de Fortaleza, neste domingo (13). A polícia chegou aos suspeitos após denúncias anônimas.

Conforme o delegado Helder Bezerra, titular da Delegacia Regional de Senador Pompeu, os suspeitos relataram que o crime foi motivado por conta dos latidos do cachorro, que estavam incomodando a vizinhança. Um dos homens era tutor do animal.


"Segundo eles, mataram esse animal porque a vizinhança estava reclamando. Os dois estavam embriagados e resolveram em comum acordo matar", disse o delegado. Quando os agentes chegaram a residência do tutor, encontraram o cachorro ferido em um dos cômodos da casa. O animal ainda estava vivo, mas morreu momentos depois.

Os suspeitos, que não tiveram a identidade informada, foram autuados por maus-tratos a animais: "Quando se tratar de cão ou gato, a pena para as condutas descritas no caput deste artigo será de reclusão, de dois a cinco anos, multa e proibição da guarda".

G1 CE
Postagem Anterior Próxima Postagem