Em meio a surto, Brasil tem 12 milhões de vacinas contra gripe paradas


Em meio a um surto de gripe, causado pelo vírus H3N2, o Brasil tem 12 milhões de doses da vacina contra a doença paradas. Isso ocorre devido à falta de procura do brasileiro para se imunizar. Para especialistas, o baixo índice de vacinação pode desencadear uma epidemia da enfermidade e agravar o cenário durante a pandemia de Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Dos 80 milhões de doses que foram distribuídas pelo Ministério da Saúde, somente 67,9 milhões chegaram efetivamente ao braço dos brasileiros. Isso equivale a 84% do total. Os dados foram analisados pelo Metrópoles, com base em material publicado pelo LocalizaSUS, plataforma de prestação de contas do Ministério da Saúde.

Hoje, não é preciso ter intervalo entre a aplicação das vacinas contra a Covid-19 e a da gripe.

Levantamento do Metrópoles publicado em 29 de dezembro constatou que já foram notificados ao menos 2,9 mil casos de H3N2, sendo que 21 pessoas morreram por complicações da doença.

As unidades da Federação que mais notificaram casos da gripe foram Amazonas, Bahia, Rondônia, Ceará e Pernambuco. Ao menos seis estados já registraram mortes após contaminação pelo H3N2: Rio de Janeiro, Bahia, Pernambuco, Paraná, Espírito Santo e Rio Grande do Sul. Apesar dos números, as autoridades sanitárias ainda não tratam a situação como epidemia.

Metrópoles
Postagem Anterior Próxima Postagem