Feto é encontrado em freezer de geladeira após ficar 1 ano escondido em sacola

Feto é encontrado em freezer de geladeira após ficar 1 ano escondido em sacola


Uma mulher de 56 anos encontrou um feto dentro do freezer de uma geladeira no bairro Flávio Marques Lisboa, na região do Barreiro, em Belo Horizonte, na noite dessa terça-feira (30). O caso gerou surpresa na dona de casa, pois o pacote estava guardado há um ano e ela pensava se tratar de uma carne.

De acordo com a Polícia Militar, a mulher revelou que fazia serviços de casa juntamente com uma outra pessoa que conheceu em outubro do ano passado. Naquela época, a conhecida pediu para ela guardar uma carne na geladeira, pois não tinha o eletrodoméstico na residência.

O tempo passou e, segundo a solicitante, a conhecida não buscava a carne, mesmo ela fazendo contatos telefônicos. Ontem, a dona de casa resolveu dar uma organizada na geladeira e acabou abrindo o embrulho no qual, supostamente, estaria a carne.

Para a surpresa da mulher, ela viu um pé humano assim que abriu a sacola. A PM foi acionada e os militares constaram que se tratava de um feto. A perícia da Polícia Civil também compareceu ao local para a realização dos trabalhos de praxe. O sexo do bebê não foi possível ser identificado pelo fato de estar congelado. O corpo foi levado pelo rabecão até o IML (Instituto Médico Legal) de Belo Horizonte.

Suspeita
A mulher suspeita de ser a mãe da criança não foi localizada até o encerramento da ocorrência. A solicitante repassou o número do telefone e as características físicas da suspeita para os militares.

Em nota, a Polícia Civil disse que nenhum suspeito foi conduzido até o momento. O corpo do feto, segundo a instituição, “está sendo submetido a exames”. A ocorrência foi registrada na Central Estadual do Plantão Digital.

Nota da Polícia Civil
“A Polícia Civil recebeu a denúncia do encontro de cadáver de um feto, na noite de ontem (30/11), quando a equipe da perícia criminal compareceu ao local dos fatos. O corpo foi removido imediatamente ao Instituto Médico Legal, em Belo Horizonte, onde está sendo submetido a exames. Até o momento, não houve suspeito conduzido”.

BHAZ