Prefeitura traz capacitação e profissionalização à população de Nova Russas


Em mais uma iniciativa para trazer mais capacitação ao mercado de trabalho de Nova Russas, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Trabalho e Assistência Social (Setas), oferta o curso de Recepcionista. O curso é resultado de uma parceria promovida pela prefeita Giordanna Mano com o Governo do Estado, através da Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS).

De acordo com a aluno do curso Francisca Maria, que já atua como recepcionista, essa capacitação irá auxiliar no exercício da sua profissão. “Escolhi fazer esse curso para me capacitar e me aprimorar naquilo que já faço por amor! Queria destacar a importância dessa iniciativa da prefeita Giordanna Mano em trazer esse curso para o nosso município”, afirmou a recepcionista.  

O curso é ofertado de forma remota, mas o evento de abertura ocorreu no Cras Rodolfo Filho. O programa Criando Oportunidades atua capacitando jovens e adultos que desejam se profissionalizar ainda mais na área em atuam ou que desejam ingressar no mercado de trabalho. Uma das estudantes incluídas na última categoria é Érica Souza, de 19 anos, que comemorou a oportunidade. 

“Eu escolhi fazer esse curso porque é uma ótima oportunidade para ingressar no mercado de trabalho. É uma área muito abrangente, e minha experiência está sendo ótima, porque o curso contempla diversos temas relevantes para os tempos atuais”, afirmou a estudante. 

Esta é mais uma iniciativa da Prefeitura de Nova Russas em gerar oportunidades de trabalho através do curso, o que já foi ofertado em novembro, com o curso de “Design de Sobrancelha”, uma ação da gestão municipal, através do projeto “Capacita Nova Russas”, com o Senac Ceará.

O curso teve início no dia 20 de dezembro e seguirá até o dia 27 de janeiro de 2022. Os estudantes também receberam apoio de materiais para assistirem as aulas. “Eu acho muito bonita a iniciativa do município em trazer capacitação, e é de suma importância que essas iniciativas continuem, porque o mercado de trabalho atual exige muito e quanto mais nós tivemos a oferecer, mais chances temos de conseguir um emprego”, concluiu Érica de Souza.
Postagem Anterior Próxima Postagem