Engoliu a seco: Bolsonaro foi internado porque não mastigou camarões no almoço, diz médico


Antes de deixar o hospital Vila Nova Star, em São Paulo, na manhã desta quarta-feira (5), o médico responsável pelos cuidados do presidente Jair Bolsonaro afirmou que o problema de obstrução foi provocado por conta de um camarão não mastigado corretamente pelo chefe do Executivo.

"Eu não almoço, eu engulo. A peixada tinha uns camarõezinhos também, comi e mastiguei o peixe e comi o camarão", disse Bolsonaro.

Na sequência, o médico Antônio Luiz Macedo explicou. "O camarão não foi mastigado, é o que ele está explicando. A gente pede pra que todos fazerem o que a gente faz: mastigar 15 vezes cada garfada".

De acordo com Macedo, Bolsonaro fará uma dieta especial e caminhadas nas próximas semanas. "O presidente está com a saúde muito boa, se recuperando rapidamente. Quando cheguei [no hospital], o intestino estava começando a funcionar e no dia seguinte já estava funcionando. O presidente vai fazer uma dieta especial por uma semana e caminhadas", acrescentou.
Postagem Anterior Próxima Postagem