Fotógrafo homossexual é esfaqueado até a morte pelo próprio irmão no interior do Ceará

Fotógrafo homossexual é esfaqueado até a morte pelo próprio irmão no interior do Ceará


O fotógrafo Idamar Lima Pereira, de 36 anos, foi esfaqueado até a morte pelo próprio irmão na madrugada desta terça-feira (11), na cidade de Iguatu, no interior do Ceará. Outro irmão da vítima afirmou à polícia que o suspeito tinha uma desavença com a vítima pelo fato de ela ter se afirmado homossexual.

O nome do suspeito não foi divulgado. Ele está sendo procurado pelas autoridades policiais. A Secretaria da Segurança Pública informou, em nota, que a Delegacia Regional de Iguatu investiga o caso para capturar o suspeito, que já foi identificado. A pasta ainda pontua que deverá esclarecer a motivação dos fatos.

Idamar foi encontrado ensanguentado e sem vida por vigilantes de um posto de saúde do Bairro Jardim Oásis, em Iguatu. Segundo a Polícia Militar, ele estava caído ao solo e tinha duas perfurações (uma no pescoço e outra no tórax), provocadas por uma arma branca.

Conforme a PM, um familiar da vítima informou que o suspeito tinha desavença com o irmão por ele ter se assumido homossexual. O irmão que prestou depoimento ainda afirmou que o suspeito seria usuário de drogas e teria problemas psicológicos.

Idamar Lima faria 37 anos em um mês, no dia 10 de fevereiro. Ele atuava como fotógrafo de eventos sociais, como aniversários e casamentos, e ainda fazia ensaios de gestantes e de debutantes.

G1 CE