Loja do Flamengo é assaltada e funcionária desmaia após ter arma apontada para cabeça


Uma loja de produtos oficiais do Flamengo foi assaltada nessa terça-feira, 4. A loja que fica no Centro de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, Rio de Janeiro, foi invadida por um homem armado. Durante a ação, a funcionária do local, a qual estava na recepção, ao ter uma arma de fogo apontada para si, ficou assustada e desmaiou. Não houve feridos no assalto, e o suspeito saiu levando tudo que conseguiu pegar, incluindo casacos, camisetas e outros produtos oficiais do time carioca.

O homem fingiu ser cliente e experimentou algumas roupas. Após cerca de 40 minutos, foi até o balcão, já com a arma em mãos, e anunciou o assalto. Ao Jornal O Globo, a gerente da loja lamentou a situação e pediu justiça: “Foi um susto grande, mas está todo mundo bem. Não tirou a vida de ninguém. Espero que a justiça seja feita”, disse.

Quando o bandido anunciou o assalto, a mulher estava do lado de fora arrumando uma vitrine e demorou a perceber. Quando viu a colega desmaiada, pensou apenas que a mesma tinha passado mal. Logo que percebeu se tratar de um furto, ela chamou todos os funcionários para o fundo da loja, onde fica o estoque. Eles aguardaram até que o assaltante fosse embora.

Após o vídeo da situação viralizar nas redes sociais, internautas questionaram se a arma seria verdadeira e comentaram que poderia ser uma airsoft, um tipo de arma de pressão que dispara bolinhas de plástico. Devido à tensão e por não entender de armas, a gerente achou melhor não arriscar reagir e obedeceu às ordens do assaltante. Horas depois, mais tranquila, usou as redes sociais para acalmar seus amigos: "Acabo de viver o terror e a adrenalina de estar sob a mira de uma arma. Primeiro teste cardíaco do ano check".

O Povo Online
Postagem Anterior Próxima Postagem