Padre proíbe fiéis de frequentar igreja com "roupas inadequadas"

Padre proíbe fiéis de frequentar igreja com "roupas inadequadas"


Um alerta na porta da Igreja Matriz do município de Santa Vitória do Palmar, no Rio Grande do Sul, gerou desconforto em parte da população local. No cartaz instalado pelo padre Cristiano Pereira, havia uma orientação proibindo a entrada de pessoas com "roupas inadequadas". As informações são da RBS TV.

O aviso reproduzido nas redes sociais recomenda que mulheres usem vestido longo e sem decote, saia cobrindo os joelhos, blusa de manga longa cobrindo os ombros e sem estampas chamativas. Roupas curtas, legging e blusa transparente não são permitidas.

Já homens devem usar roupa social e não podem usar boné, bermuda jeans ou esportiva e camiseta estampada.

À RBS TV, por telefone, o padre Cristiano Pereira disse que orientações sobre vestimentas são comuns em igrejas da Europa e que quis adotar a prática na igreja.

Em entrevista à emissora, a cabeleireira Janete Araújo expressou contrariedade à medida do pároco: "Eu acho que, quando a gente entra ali, o que tu tens que te dar é o respeito, tem que saber respeitar", disse.

"Hoje, temos aí um monte de gente passando por necessidade, fome, e a gente tá discutindo se pode ir de bermuda ou não em vez da gente poder estar ajudando as pessoas executando o amor de alguma forma que possa ajudar o próximo", relatou o representante comercial Jerônimo Muller à TV.

Recentemente, o padre foi orientado pela Diocese de Rio Grande, responsável pela paróquia, a retirar o cartaz. O banner com as orientações ficou em frente à igreja por pouco menos de um mês. 

O povo