Cid descarta disputar Governo do Ceará: "Não serei mais candidato"


Possibilidade frequentemente ventilada nos círculos políticos do Estado, uma possível candidatura do senador Cid Gomes (PDT) pela sucessão de Camilo Santana (PT) no Governo do Ceará é descartada hoje pelo próprio pedetista.

“O que eu disse é o seguinte: eu tenho mandato, com muita honra, e sou muito grato ao povo cearense, como senador até 1º de fevereiro de 2027. Sei nem se vou ter saúde para chegar até lá. Mas eu já decidi uma coisa: candidato eu não serei mais”, disse Cid no último sábado, 12, durante encontro regional do PDT em Quixeramobim.

“Agora, isso não quer dizer que não vou estar na política. Eu não estou aqui? Eu sou candidato a alguma coisa? Não, mas eu não estou aqui, e achando bom, com prazer? Eu gosto, faço isso porque gosto e acho que é minha obrigação”, continua o pedetista.

Ainda no evento do PDT, Cid destacou que o candidato do partido deverá sair de um dos quatro pré-candidatos já anunciados da sigla: a vice-governadora Izolda Cela, o ex-prefeito Roberto Cláudio, o deputado Mauro Filho e o presidente da Assembleia Legislativa, Evandro Leitão.

O POVO
Postagem Anterior Próxima Postagem