Em duas semanas de fevereiro, Ceará recebeu 27 milímetros de chuva; média do mês é 118

 

Choveu nas primeiras duas semanas de fevereiro deste ano 27,7 milímetros, segundo dados da Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). O esperado para todo o mês, conforme a Funceme, é 118,6 milímetros.

Já em 2021, em todo o mês de fevereiro, choveu 126,1 milímetros com um desvio positivo de apenas 6,3%.

O volume de chuvas no Ceará em janeiro deste ano ficou acima da média histórica e foi o melhor registro dos últimos seis anos. O observado desde ano apontou que choveu 165,6 milímetros acima do esperado que é 98,7%. Um desvio positivo de 67,7%.

No ano passado, houve apenas 45,9 milímetros de precipitação no estado, um desvio negativo de -53%,5%.

O melhor registro além do visto em janeiro de 2022 ocorreu em 2016 quando foi observado 189,6 milímetros com um desvio positivo final de 92,1%.

Reservatórios

Segundo a Cogerh, o Ceará possui dois reservatórios monitorados sangrando. Além disso, 64 açudes estão com volume inferior a 30%. O Castanhão, maior reservatório cearense, chegou a 8,39% de sua capacidade. O Orós está com 22,52% e o Banabuiú com 8,11%.

Prognóstico para o trimestre de fevereiro a abril

Entre fevereiro e abril, a possibilidade chover um volume acima da média histórica no Ceará é de 40%, conforme previsão divulgada em janeiro pela Funceme. A possibilidade de chover abaixo da média é de 20%; e de precipitações em torno da média histórica, 40%.

O estudo foi apresentado pelo presidente da Funceme, Eduardo Sávio Martins.

Previsão da Funceme para as chuvas em 2022:

  • 20% de probabilidade de chuvas abaixo da média;
  • 40% em torno da normalidade;
  • 40% de chance do volume total ser acima da média histórica.
G1 CE

Postagem Anterior Próxima Postagem