Funcionária é suspeita de pesar areia no lugar de sucata e desviar R$ 20 mil por semana de empresa

Uma mulher foi presa em Caucaia suspeita de fraudar a pesagem de sucata em uma empresa. As investigações da Polícia apontam que a funcionária era responsável pela pesagem da sucata que seria vendida, e utilizava sacos de areia para fraudar o carregamento e gerar ordem de pagamentos fraudulentas. A suspeita é de que a ação gerava lucro de pelo menos R$ 20 mil semanais. 

A alteração, de acordo com a Polícia, era feita no registro de entrada de carga. A mulher trabalhava na empresa há três anos, o que pode ter provocado um prejuízo milionário. Fora da empresa, a Polícia afirma que a mulher mantinha uma vida de ostentação, com como viagens de luxo, vários imóveis e patrimônio incompatível com sua renda.

A mulher foi autuada em flagrante por furto qualificado mediante fraude cuja pena é de dois a oito anos de reclusão. As investigações continuarão pelo 18º Distrito Policial, no intuito de identificar outras pessoas que fazem parte do grupo criminoso.


OPOVO

Postagem Anterior Próxima Postagem