Pai leva filha escondida da mãe para tomar vacina contra a Covid-19


Um homem levou a filha de nove anos para tomar a vacina contra a Covid-19 escondido da mãe da criança em Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Separados, o homem de 48 anos preferiu não se identificar para evitar problemas com a ex-esposa, e disse que a mãe da filha é contrária à vacinação.

Ele disse que divulgar a história é importante como forma de incentivo para outros responsáveis. “É um alerta para os pais, para não terem dúvida, ir sempre pela ciência e proteger a criança em primeiro lugar”, afirmou o pai ao portal G1.

De acordo com o homem, ele e a mãe têm a guarda compartilhada da filha. No acordo, a filha passa os finais de semana com ele. Em uma das visitas, no final de janeiro, o homem a levou para tomar o imunizante. Ele conta ainda que, ao ficar sabendo da notícia, a ex-esposa reagiu com agressividade. “Falou palavrões, falou que eu nunca mais ia vê-la, que elas iam se mudar”, explicou o homem.

Ao G1, o pai explicou que a mãe, mesmo se vacinando contra o novo coronavírus, era contrária a imunização da filha. “Ela me mandava fake news por mensagens, sobre vírus chinês, chip, essas coisas. Ela se vacinou quando surgiu a Janssen, usou como desculpa que era dose única”, disse. Apesar das ameaças, o pai se diz esperançoso para que a filha tome a segunda dose do imunizante no dia 18 de fevereiro.
O Povo Online
Postagem Anterior Próxima Postagem