Autotestes para Covid chegam até sexta ao Ceará; preço vai de R$ 65 a R$78


Os autotestes de Covid-19 devem chegar às prateleiras das farmácias do Ceará até a próxima sexta-feira, 11, de acordo com Antônio Félix, presidente do Sindicato do Comércio Varejista dos Produtos Farmacêuticos do Estado (Sincofarma/CE). O preço praticado nas farmácias deve variar entre R$ 65 e R$ 78, conforme a entidade. Até este domingo, seis autotestes já foram autorizados para serem comercializados no Brasil pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O produto é recomendado, conforme o Ministério da Saúde (MS), para ser usado como triagem, em complementação a outros tipos de teste. Em caso de resultado positivo, o indivíduo deverá ser avaliado por um profissional de saúde, que também notificará o caso no sistema e-SUS, do MS, e a pessoa será orientada a adotar os protocolos sanitários para interromper a cadeia de transmissão. Se o indivíduo tiver piora dos sintomas, deverá procurar o médico para uma nova avaliação.

O autoteste pode ser feito em qualquer pessoa sintomática ou assintomática, independentemente do seu estado vacinal, desde que seja supervisionado por um responsável no caso de menores de 14 anos. Por ser feito de forma autônoma, um dos principais pontos exigidos para que os autotestes sejam autorizados é a usabilidade, que inclui as orientações de uso e as instruções em linguagem simples, que permitam à pessoa leiga fazer o uso correto do produto. Para auxiliar os clientes, uma das fabricantes dos autotestes fez um vídeo animado com o passo a passo de como realizar o exame.

Antônio Félix, presidente do Sincofarma, considera que o autoteste não é uma solução viável no atual cenário. Ele pondera que a impossibilidade de apresentar o resultado para justificar a falta dos funcionários em empresas é um ponto negativo para a popularização dos autotestes. “Se der positivo, ele vai precisar fazer um novo teste para validar o resultado. Então, aumenta a despesa para o consumidor”, disse.

“O teste de Covid-19 com um profissional já não é mais tão caro. Na hora que o paciente chegar no estabelecimento farmacêutico para fazer o teste, acho que é mais conveniente optar por esse tipo de exame”, considera Antônio, lembrando que atualmente a média de preços para teste rápido é de R$ 70. Além das farmácias, o teste de Covid-19 pode ser realizado gratuitamente em 20 pontos de testagem no Ceará.

Apesar de recém-chegados ao mercado, os autotestes de Covid-19 já têm sido alvos de falsificações que foram identificadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) nessa última sexta-feira, 4. O órgão alerta para que os consumidores comprem os autotestes somente em farmácias e drogarias para evitar golpes. A venda do autoteste, segundo a Agência, está proibida em plataformas de comércio eletrônico ou por meio de grupos de mensagens. Na internet, apenas sites de comércio eletrônico que pertencem a farmácias e estabelecimentos de saúde autorizados e licenciados pelos órgãos de vigilância sanitária podem vender esses produtos.

O POVO
Postagem Anterior Próxima Postagem