Camilo anuncia R$ 400 milhões em máquinas agrícolas, pesca artesanal e agricultura familiar

Foto: Samuel Pimentel / O POVO

O Governo do Ceará confirmou um pacote de investimento de R$ 400 milhões em projetos de pesca artesanal, mecanização agrícola, saneamento rural, regularização fundiária e apoio às cadeias produtivas. O governador do Estado, Camilo Santana (PT), conduziu a solenidade e ainda deu posse aos 192 aprovados no concurso da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará (Ematerce), no que é a primeira convocação de novos funcionários para o órgão em 38 anos.

O governador garantiu a entrega de 183 novos tratores para todos os municípios, exceto Fortaleza. O investimento foi da ordem de R$ 65 milhões. Na área de saneamento rural, foi anunciado 18 sistemas de abastecimentos de água, além de 21 sistemas de abastecimento do programa São José 4 - que já conta com aporte de financiamento do Banco Mundial, de US$ 150 milhões. "O Ceará nunca parou de investir (na agricultura familiar), mesmo com a suspensão de várias políticas nacionais. Aliás, com o desmantelamento, inclusive, do Ministério (da Agricultura). No Ceará, pelo contrário, aumentos os investimentos em agricultura familiar".

Mais 3.778 cisternas serão construídas pelo Governo a partir desse pacote de investimentos. A Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) ainda vai implantar 78 novos poços, além de outros poços que serão cavados por outros órgãos do Estado, num investimento de R$ 76 milhões em saneamento rural.

Foto: Paulo Moska / O POVO

O Estado ainda anunciou o financiamento de mais de 250 projetos produtivos, 40 planos de desenvolvimento comunitários rurais, piloto com 600 projetos de mandala, que é um sistema produtivo integrado voltado para mulheres produtoras rurais. Também foi anunciado o investimento na implantação de mais de 1,4 mil fogões ecológicos.

"Já é tradição nossa anunciar investimentos (no dia 19 de março) para os nossos produtores rurais familiares. É um conjunto de ações, desde entrega de maquinário, abastecimento de água, fogões ecológicos, até as mandalas. São mais de R$ 400 milhões em projetos e o Estado não tem medido esforços para garantir oportunidades aos homens e mulheres do campo".

A secretária do Desenvolvimento Agrário do Ceará, Ana Tereza, enfatiza que os investimentos são todos provenientes de recursos do Tesouro Estadual. Sobre os tratores, destaca que os tratores serão entregues aos poucos, conforme a SDA receba os maquinários dos fornecedores, que estão encontrando dificuldades de atender a demanda por conta do alto fluxo e baixo estoque.

O POVO
Postagem Anterior Próxima Postagem