Grupo cearense é preso por aplicar golpe do PIX contra vítimas; prejuízo chega a R$ 300 mil


Três cearenses foram presos nesta sexta-feira (18) em Horizonte, na Região Metropolitana de Fortaleza, suspeitos de aplicar golpes por meio de PIX contra vítimas do estado do Pará. Segundo a Polícia Civil, o prejuízo das vítimas chega a cerca de R$ 300 mil.

Os suspeitos obtinham as informações das vítimas pelas redes sociais e as utilizavam contra seus próprios familiares. Eles fingiam ser familiares e faziam pedidos de transferências bancárias por meio do PIX.

O homem, com antecedentes criminais por roubo, receptação e por adulteração de sinal identificador de veículo, e as duas mulheres, sem antecedentes, foram alvo de investigações que duraram cerca de três meses até serem localizados e capturados.

Ele foram encaminhados para a Delegacia Metropolitana de Horizonte, onde as ordens judiciais foram cumpridas. Agora, serão realizados os procedimentos de transferências dos suspeitos para o estado do Pará, onde as investigações em torno deles são realizadas.

G1 CE
Postagem Anterior Próxima Postagem