Homem é preso suspeito de transmitir HIV 'de propósito' a mulheres

Um homem de 37 anos foi preso na manhã desta segunda-feira (21) pela Polícia Civil por suspeita de transmitir o vírus do HIV "de propósito" para mulheres em Pontalina, no centro de Goiás. Segundo o delegado Leylton Barros, seis vítimas procuraram a polícia há 15 dias, sendo que três testaram positivo para o vírus.

A Polícia Civil divulgou a foto e as iniciais LFS do nome do suspeito para encontrar novas vítimas. O g1 não localizou a defesa dele para se manifestar atá a última atualização desta reportagem. O delegado não informou o teor do depoimento do suspeito.

O suspeito é investigado por lesão corporal gravíssima, segundo o delegado Leylton Barros. Mulheres compareceram a delegacia, psicologicamente abaladas, informando que o homem seria portador do vírus HIV e que teriam tido relações sexuais sem preservativo com ele.

"Algumas vítimas procuraram a delegacia após descobrirem que contraíram o vírus. Elas contaram que mantinham relações sexuais sem preservativo com o suspeito, que deliberadamente transmitia a doença para as mulheres", esclareceu Barros.

Segundo a Polícia Civil, a divulgação da imagem e identificação do preso neste caso encontra-se respaldada pela Lei nº 13.869 e Portaria nº 02/2020-PCGO para colaborar na identificação de novas vítimas.
G1
Postagem Anterior Próxima Postagem