Jovem mata sogra por causa de cartão de banco e esconde corpo no sofá


Um homem de 28 anos foi preso na segunda-feira (28/2) acusado de assassinar a sogra e esconder o corpo em um sofá em Peruíbe, no litoral de São Paulo. Luzia Pacheco dos Santos, de 75 anos, estava desaparecida desde o dia 26 do mês passado, de acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) ao Metrópoles.

O genro dela foi preso volta das 17h30, no bairro Jardim dos Prados, em cumprimento a um mandado de prisão temporária. O suspeito passou por exame de integridade médica em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) que indicou escoriações no pescoço.

O suspeito informou aos policiais que as lesões foram causadas pela sogra, segundo o portal G1. Ele escondeu o corpo da idosa dentro do sofá na residência da vítima, na cidade de Itariri. Os familiares sentiram um mau cheiro e, ao mexerem no móvel, encontraram o corpo de Luzia em 28/1 escondido debaixo do sofá. A vítima tinha uma blusa enrolada no pescoço indicando que ela poderia ter sido enforcada.

Motivação
O homem queria sacar a aposentadoria da sogra, a pedido da filha dela, e a idosa não entregou o cartão do banco, em 25/2, segundo o boletim de ocorrência que o G1 teve acesso. Na ocasião, Luzia pulou a cerca e fugiu para a chácara de um sobrinho. A esposa dele relatou à polícia que o genro gritava o nome da vítima.

Luzia contou nesse dia para a esposa do sobrinho que há cerca de três semanas o genro tinha colocado um facão no pescoço dela e levado mais de R$ 10 mil e o cartão do banco. O suspeito devolveu o cartão no dia seguinte, deixando apenas com R$ 80.

Metrópoles
Postagem Anterior Próxima Postagem