Mina de Itataia: Eduardo Girão espera agilidade na concessão da licença e diz que "não pode ficar mais protelando"

Foto: Waldemir Barreto / Agência Senado

O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) manifestou, em pronunciamento nesta terça-feira (15), esperança de que o Ibama não demore a conceder o licenciamento ambiental para a exploração da mina de Itataia, em Santa Quitéria.

Segundo ele, essa é mais uma alternativa que o Brasil dispõe para ter acesso à matéria-prima necessária para a produção de fertilizantes.

"Claro que respeitando a legislação do meio ambiente, mas (é) algo que a gente não pode ficar mais protelando, com a necessidade do Brasil nesse quesito. São mais de 2.800 empregos gerados imediatamente no estado do Ceará. Então é algo assim, que a gente não pode, nesse momento que a gente vive, inclusive o desemprego que tá atingindo muito o cidadão brasileiro", disse.

Eduardo Girão lembrou que 80% do potássio, fósforo e nitrogênio necessários à produção de fertilizantes no Brasil são importados. E como a Rússia, um dos grandes fornecedores do país, está em guerra com a Ucrânia, a aquisição dessa matéria-prima no mercado internacional ficou comprometida, lamentou.

Com informações da Agência Senado
Postagem Anterior Próxima Postagem