Mulher é suspeita na morte do ex, encontrado com rosto desfigurado


Uma mulher de 27 anos foi presa, na quarta-feira (30/3), suspeita de planejar a morte do ex-namorado dela. O corpo foi encontrado no último dia 6 de março com rosto desfigurado, dentro de casa em Pires do Rio, no sudeste de Goiás, a 146 km da capital.

Segundo a Polícia Civil, durante interrogatório, a mulher admitiu planejar o crime, que teria sido praticado pelo atual namorado, de 21, e o cunhado dela, um adolescente.

Um adolescente, que não teve a idade divulgada, teria participado do crime e também foi apreendido na cidade. Um terceiro suposto envolvido no crime, foi detido no Pará. Ele seria o atual namorado da suspeita de arquitetar o homicídio.

Após o crime, o suspeito fugiu para o estado do Pará, onde foi localizado e preso. A mulher também planejava fugir, mas a polícia a prendeu no momento em que ela se desfazia de seus pertences para conseguir dinheiro e sair de Goiás.

Brigas e crime

De acordo com a investigação, a suspeita admitiu que arquitetou a morte do ex-namorado depois de brigas por ele discordar da forma como ela cuidava do filho. Apesar de ser apontada como responsável por planejar o homicídio, a mulher não teria participado diretamente do crime.

Segundo a Polícia Civil, no dia do crime, o atual namorado e o cunhado dela teriam invadido a casa da vítima de madrugada e a espancado com pedaço de madeira até a morte.

Um familiar da vítima encontrou o corpo ao chegar à casa. O parente viu manchas de sangue no chão e as seguiu até um cômodo, onde encontrou o homem ensanguentado e com o rosto desfigurado.

Logo em seguida, o familiar chamou a Polícia Militar, que acionou a Polícia Técnico-Científica. Peritos confirmaram que a vítima foi agredida com auxílio de um pedaço de madeira até perder os sinais vitais.
O casal irá responder por homicídio qualificado. A polícia encaminhou o adolescente ao Juizado da Infância e da Juventude.
Metrópoles
Postagem Anterior Próxima Postagem