Operação Catunda: Polícia Civil divulga detalhes sobre as prisões de servidor público e outras cinco pessoas


A Polícia Civil de Santa Quitéria divulgou detalhes da Operação Catunda, ofensiva policial nesta quarta-feira (16) contra uma organização criminosa atuante na cidade de mesmo nome, como também nas vizinhas Monsenhor Tabosa e Tamboril e que capturou seis pessoas, sendo cinco homens em Catunda e uma mulher na cidade de Monsenhor Tabosa.

A partir de um trabalho de investigação iniciado há seis meses, segundo o delegado Igor Vasconcelos, conseguiu-se chegar aos seguintes envolvidos:

  1. Antônio Erismar Pires Ferreira, motorista da Prefeitura de Catunda, que dirigia uma van da Secretaria de Saúde e foi abordado na PRE a caminho de Sobral
  2. Marcos Eudario Borges de Sousa (21)
  3. Magna Sâmia Peres de Sousa (29)
  4. Luciano Felipe da Silva (36)
  5. Vagner Pereira Paiva (22), com antecedentes por tráfico de drogas
  6. Ernando Gomes Franca (38), autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo.

Além das capturas, as equipes realizaram o cumprimento dos cinco mandados de busca e apreensão, resultando na localização de uma espingarda artesanal, três munições calibre 38, uma motocicleta, cinco aparelhos celulares, dinheiro, roupas camufladas e anotações contendo listas de pagamentos, além de 114 gramas de maconha embaladas em pacotes prontos para venda e 130 gramas de cocaína.

Todos os presos foram conduzidos para a Delegacia de Santa Quitéria, onde foram efetivados os cumprimentos dos mandados de prisão preventiva e em seguida, encaminhados para unidade penitenciária na cidade de Sobral, onde encontram-se à disposição do Poder Judiciário.

A ofensiva contou com o apoio do DPI Norte, das delegacias Regionais de Sobral, Canindé, e Crateús, e das delegacias Municipais de Varjota, Guaraciaba do Norte, Tamboril, Monsenhor Tabosa e Ipu.
Postagem Anterior Próxima Postagem