“Pai” da urna eletrônica diz que hackers jamais acessarão equipamento


“O hacker pode fazer qualquer ataque, por mais violento que seja, conseguir quebrar os firewalls [soluções de segurança] e entrar na rede da Justiça Eleitoral, mas ele nunca vai conseguir entrar na urna eletrônica”. A afirmação é do gaúcho Giuseppe Janino, secretário de Tecnologia do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por 15 anos.

Janino, que participou do processo de criação das urnas eletrônicas e ficou conhecido como “pai da urna”, deixou o cargo em 2021, em meio a ataques ao sistema eleitoral desferidos pelo presidente e seus apoiadores. Em entrevista à Folha de S.Paulo, o gaúcho disse que teorias são infundadas. 

O ex-secretário é autor do livro “O Quinto Ninja”, referência ao grupo do qual participou ao lado de militares na concepção do equipamento. Na conversa, Janino também disse não se recordar de interesse tão acentuado das Forças Armadas no tema como agora.

Opinião 
Postagem Anterior Próxima Postagem