Professora morre e filho fica ferido após serem atropelados por carro em alta velocidade no Ceará

 

Uma professora morreu, e o filho dela ficou ferido após os dois serem atropelados por um carro em alta velocidade quando trafegavam de bicicleta no acostamento da rodovia CE-040, no município de Pindoretama, na Região Metropolitana de Fortaleza, na manhã desta sexta-feira (18).

Câmeras de segurança de um estabelecimento comercial registraram o momento que Maria Aurilene Alves Soares e o jovem de 18 anos foram atingidos pelas costas. Com o impacto do veículo, o filho da docente é derrubado, já a mulher foi arremessada ao ar e cai alguns metros depois do local da colisão. O motorista fugiu.

A professora morreu no local, já o filho dela foi socorrido para o Hospital Municipal de Pindoretama, onde está em observação, segundo a unidade de saúde.

Maria Aurilene trabalhava na Escola Municipal José Queiroz Ferreira, no distrito de Pratiús, onde era conhecida como "tia Nenê". A Prefeitura de Pindoretama divulgou uma nota de pesar nas redes sociais pela morte da docente.

"Neste momento delicado, a administração municipal se solidariza com todos os familiares e amigos e expressa as mais sinceras condolências pela perda", diz a nota.

Motorista foi ouvido e liberado

A Secretaria da Segurança Pública informa que um procedimento policial foi apura as circunstâncias de um acidente de trânsito, com uma vítima fatal, ocorrido na CE-040, entre os municípios de Pindoretama e Aquiraz. Na ocasião, dois ciclistas estavam passando na via quando foram atingidos por um automóvel. Uma pessoa ficou ferida e a outra faleceu no local.

De acordo com a pasta, o condutor do veículo se apresentou em um posto do Batalhão de Polícia de Trânsito Urbano e Rodoviário Estadual (BPRE), da Polícia Militar, momentos após o ocorrido. Foi realizado o teste do etilômetro e o resultado foi negativo para o consumo de bebida alcoólica.

O homem foi conduzido até a Delegacia Metropolitana de Aquiraz, onde foi ouvido e liberado. A polícia abriu um inquérito pelo crime de homicídio culposo no trânsito para dar continuidade às investigações sobre o caso.
G1 CE

Postagem Anterior Próxima Postagem