Camilo Santana deixa governo com aprovação positiva entre os quiterienses


Camilo Santana (PT) deixa neste sábado (2), o Governo do Ceará após mais de sete anos no cargo. O governador sai do cargo com 78% de aprovação entre os cearenses, segundo pesquisa do instituto Opnus. A pesquisa foi realizada através de entrevista presencial e contou com 2 mil entrevistados. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Segundo a pesquisa, o resultado é próximo ao obtido pelo governador nas eleições de 2018, quando Camilo foi reeleito com 79,76% dos votos válidos. Já a desaprovação a gestão do governador é de 18%.

Uma pesquisa rápida com populares realizada no centro de Santa Quitéria mostrou que entre os quiterienses a avaliação da gestão de Camilo é considerada boa/ótima pela maioria dos entrevistados. Enquanto a administração da pandemia realizada pelo governador durante os mais de dois anos deste período também foi avaliada positivamente pelos quiterienses.

Para Maria de Fátima, moradora da localidade de Gangorra, Camilo Santana foi um governador “muito bom” que “ajudou muita gente” e foi essencial para que o impacto da pandemia do Covid-19 no Ceará tenha sido a menor possível. Essa também é a opinião de José Casimiro, morador do São Damião. Segundo o quiteriense, durante a pandemia Camilo foi um governador “rígido no cuidado com a população e não deixou a desejar”.

Camilo Santana deixa o governo do Estado para concorrer ao Senado nas eleições deste ano. A maioria dos quiterienses entrevistados acredita que Camilo terá a maioria dos votos no Ceará e será eleito o próximo senador do Estado.

Com a saída de Camilo, a vice-governadora, Izolda Cela (PDT), assume o comando do Governo do Estado do Ceará, sendo a primeira mulher a assumir o cargo de governadora do Estado. A cerimônia de posse será realizada neste sábado (2), em Fortaleza.
Postagem Anterior Próxima Postagem