Cientistas anunciam anticoncepcional masculino promissor


De acordo com pesquisadores dos EUA, contraceptivo oral se mostrou 99% eficaz em camundongos e não causou efeitos colaterais observáveis. Expectativa é que testes em humanos comecem até o fim do ano. Uma equipe de cientistas dos Estados Unidos disse nesta quarta-feira (23/03) que desenvolveu um contraceptivo oral masculino que se mostrou 99% eficaz em camundongos e não causou efeitos colaterais observáveis. 

Os testes em humanos devem começar até o fim deste ano, e os pesquisadores estimam que a droga possa estar disponível comercialmente em até cinco anos.  As descobertas serão apresentadas em breve em uma reunião da American Chemical Society e marcam um passo fundamental para expandir as opções de controle de natalidade, assim como de responsabilidade, para os homens.  De acordo com os pesquisadores, quando administrado oralmente a camundongos machos por quatro semanas, o composto químico denominado YCT529 reduziu drasticamente a contagem de espermatozoides e foi 99% eficaz na prevenção da gravidez em testes de acasalamento. 

Quatro a seis semanas depois de a droga ser retirada, os camundongos puderam gerar filhotes novamente.  Os pesquisadores monitoraram peso, apetite e atividade geral dos camundongos e não detectaram nenhum efeito adverso aparente. No entanto, com os testes em animais, efeitos colaterais como dores de cabeça ou alterações de humor não puderam ser analisados. "Os anticoncepcionais masculinos vão se somar ao mix de métodos, oferecendo novas opções que permitam que homens e mulheres contribuam da maneira que considerem apropriada para o uso de contraceptivos", explica a Iniciativa Contraceptiva Masculina, que não tem fins lucrativos.


OPOVO
Postagem Anterior Próxima Postagem