Comerciante do Ceará vende jumentos para serem abatidos em frigorífico na Bahia


Um comerciante residente em Independência, no Ceará, afirmou que comercializa jumentos para serem abatidos em um frigorífico no estado da Bahia. O comerciante teria afirmado após ser conduzido à Delegacia Regional de Crateús, na sexta-feira (15), por policiais militares, ao ser denunciado por maus tratos em sua residência.

No local, os policiais constataram a presença de dois jumentos de cor preta, ainda pequenos, com cortes na orelha, que de acordo com o comerciante, o procedimento era normal apenas para marcar os animais, e que teria 200 jumentos criados para serem abatidos em frigorífico na Bahia.

Na Delegacia, foi realizado apenas um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), e em seguida foi liberado. No Brasil, não há nenhuma barreira legal que proíba o consumo de carne de jumento, o que existe é apenas barreira cultural. 

Portal Sertões
Postagem Anterior Próxima Postagem