De atração em balada a vídeos vendidos por R$ 100, ‘mendilover’ vira fenômeno e distribui até esmolas


Só dá ele nas redes sociais. Desde a história, que repercutiu nos quatro cantos do Brasil, o ex-morador de rua Givaldo Alves de Souza, de 48 anos, tornou-se uma celebridade. Por onde passa, vive o sabor da fama, com pedidos de autógrafos, fotos e incluído até ser homenageado com tatuagem feita por ‘fãs’ do homem que foi ‘convidado’ por uma mulher casada a ter relações sexuais dentro de um carro. O fato, que ocorreu em Planaltina (DF), foi flagrado pelo marido da mulher, um personal trainer, que agrediu o mendigo, o qual ficou internado por alguns dias, e desde que saiu do hospital, tornou-se um verdadeiro fenômeno pelas ruas do país.

Givaldo Alves de Souza, de 48 anos, vive uma rotina de nova celebridade. Ele já tem até conta no TikTok, com 522 mil seguidores, e no Instagram, onde o número de fãs já ultrapassa os 80 mil. Numa de suas postagens mais recentes, a “vítima de um convite maravilhoso” — como ele se refere ao fato que lhe deu notoriedade — aparece curtindo a noite carioca.

No último sábado (2), segundo ele, foi convidado para a festa open bar Seu Vidal, no Parque Olímpico da Barra da Tijuca (RJ). Os tempos de pedinte pelas ruas do Distrito Federal ficaram para trás. Givaldo chegou a ser retirado de Planaltina porque, com a repercussão do registro policial, ele passou a sofrer ameaças nas ruas e mesmo dentro de abrigos públicos.

O morador de rua, agora, parece confortável com a nova vida. “Ontem recebi um convite para um evento… não imaginava que estava tão conhecido”, escreveu o próprio Givaldo em um post, que tinha imagens ao fundo em que ele aparece sendo abordado por várias pessoas em busca de selfies. As fotos com o “Mendilover” vão parar nas redes sociais. Apesar do peso da denúncia —, Givaldo tem se tornado popular até mesmo entre mulheres.


Givaldo, em sua nova rede social, também ostenta um mergulho numa piscina de borda infinita com o mar ao fundo e, num outro vídeo, dá baforadas em um charuto: “Tem muita gente indignada achando que eu não mereço… concordo com você, também acho que não mereço, mas Deus é misericordioso”, reflete.

Numa gravação publicada em seu TikTok, o sem-teto — ou ex-sem teto — aparece dando esmola a um morador de rua: “Vou dar um dinheiro para você se alimentar. Você quer R$ 50 ou quer R$ 100? Não deixa ninguém te roubar, não. E não usa droga!”. Em outra, dança com uma mulher. Nas entrevistas que já deu até agora, Givaldo aparece com óculos semelhantes ao Rayban e chega a pedir a doação de um blazer. Pelo menos três partidos teriam feito contato com ele visando uma futura candidatura a deputado federal.

Além da oferta de cachês para fazer presença, Givaldo também ganhou perfil no site Memmo, plataforma que vende aos clientes mensagens personalizadas gravadas em vídeo por famosos. A partir de R$ 100, é possível adquirir uma gravação do “Mendilover” dando parabéns a algum amigo, fazendo piada, mandando um abraço ou até mesmo pedindo o fim da guerra na Ucrânia. É possível até obter dicas de paquera. “O mendigo mais famoso do mundo!”, diz ele numa das imagens.

Visor Notícias
Postagem Anterior Próxima Postagem