Feriadão da Semana Santa termina com 34 acidentes e sete mortes nas estradas cearenses


O balanço da Operação Semana Santa de fiscalização nas estradas que cortam o Ceará registrou um total de 34 acidentes e sete mortes. A operação durou quatro dias, começando na última quinta-feira (14) e se estendendo até domingo (17).

Os números referem-se a registros nas CEs e nas BRs. Os dados foram computados com base nas informações oficiais repassadas à imprensa pela Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Nas estradas que cortam o Ceará o número de acidentes em 2022 foi maior que no ano passado. Ao todo foram 18 acidentes, contra 12 no ano anterior. Os registros de acidentes terminaram com seis pessoas mortas este ano. Já em 2021 somente cinco pessoas morreram nas CEs.

Neste ano, o fluxo de veículos estava maior. Outros dados que se tornam importantes destacar são os números de notificações por violação à Lei Seca. Em 2021 foram 19 casos, contra 176 neste ano. Já a quantidade de veículos apreendidos por irregularidades foi de 287 neste ano, ao passo que no ano anterior, foram 55.

No total, a PRF registrou 16 acidentes durante o feriado deste ano, em 2021 foram registrados 15. Desses acidentes, três foram de maior gravidade. No total, 11 pessoas ficaram feridas este ano, em comparação com 16 pessoas no ano passado, uma redução de 31%. Uma pessoa morreu em decorrência de acidente; em 2021 não foi registrada nenhuma morte.

Durante os quatro dias da Operação, a PRF realizou diversos comandos de fiscalização nos quais foram realizados 6.314 procedimentos de fiscalização em veículos e 6.820 em pessoas, resultando em um total de 1.656 autos de infração registrados. Cinco pessoas foram presas por embriaguez ao volante, quando o resultado do teste é superior a 0,3 mg de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

Revista Central
Postagem Anterior Próxima Postagem