Mãe morre baleada após abraçar o filho para tentar protegê-lo no Ceará


Cirleide Maria Braga de Oliveira, de 47 anos, foi morta após abraçar o próprio filho, para tentar protegê-lo de tiros de criminosos, em Caucaia, na Grande Fortaleza. O crime aconteceu nesta quinta-feira (21), e dois suspeitos foram presos nesta sexta-feira (22).

Nesta sexta, foram presos Gleison Alves Sousa e Daniel Rayni da Rocha Rodrigues, os dois têm 23 anos. O primeiro tem passagens por outro homicídio e por porte ilegal de arma de fogo. O assassinato em questão foi cometido contra o próprio primo dele, no Garrote, uma localidade de Caucaia. Já o segundo, também responde por um homicídio e desacato.

Com eles, foram encontradas uma pistola 380 e duas espingardas calibre 12 artesanais. A prisão da dupla foi realizada pela Força Tática do 12º Batalhão de Polícia Militar.

Os dois criminosos foram ao local para tentar assassinar um dos filhos de Cirleide, que supostamente teria envolvimento na morte de outro jovem em uma escola pública de Caucaia. Os homens não o encontraram na residência, e resolveram matar familiares dele. Sendo assim, Cirleide foi morta ao abraçar outro filho em Caucaia, onde eles moravam, para protegê-lo dos tiros.

A Polícia aponta que o homem a quem os criminosos buscavam quem teria filmado uma mulher trocando de facção criminosa. Por isso, ele teria começado a receber ameaças dos suspeitos.

GC Mais
Postagem Anterior Próxima Postagem