Morre aos 86 anos, a ex-professora e ex-vereadora de Santa Quitéria, Amélia Mourão

Atualizado às 19h19


Faleceu no começo da tarde desta terça-feira (26), aos 86 anos, a ex-professora e ex-vereadora do município de Santa Quitéria, Maria Amélia Mourão Lobo. Meinha, como era carinhosamente conhecida pelos quiterienses, estava internada há várias semanas em um hospital de Fortaleza com problemas de saúde, que se agravaram e hoje não resistiu.

Dona Amélia fez história na educação ao fundar a Escola Domingos Sávio (preparação para o exame de admissão), lecionar na Escola Júlia Catunda e por dirigir por muitos anos, o Centro Educacional Fonseca Lobo, escola do CNEC. Lá, deixou sua marca pelos valores construídos como banda de música, desfile, jogos e gincanas escolares, livros de poesias e reformas estruturais, sendo reconhecida várias vezes a nível municipal e estadual pela forma de administrar.

Apaixonada por futebol, ela também foi presidente da Liga Esportiva local e com seus alunos, formou dois times da 1ª e 2ª divisão dos "meninos da dona Amélia".

Na política, foi eleita em 1966 como vereadora para um mandato de cinco anos, sendo a segunda mulher a ocupar este posto. A época, obteve 882 votos, votação muito expressiva e que até hoje, proporcionalmente, foi a maior entre os vereadores da história eleitoral em Santa Quitéria.

Amélia Mourão é tia da secretária de educação, Maria do Carmo (Kaká), a qual foi criada como filha e guiou os seus passos também pela área. Deixa o esposo João Domingues.

O corpo será velado na residência da família, a partir das 21h, na rua Adroaldo Martins, próximo a Igreja Matriz, com missa celebrada às 9h desta quarta (27) e logo em seguida, o sepultamento no cemitério local.
Postagem Anterior Próxima Postagem