Adolescente queima cabelo de professora com isqueiro dentro de sala de aula

Foto: Divulgação/Redes Sociais

Um jovem de 14 anos colocou fogo no cabelo de uma professora, nessa segunda-feira (2/5), no município de Santana do Paraíso, Minas Gerais. Testemunhas disseram que ele usou um isqueiro para isso dentro da sala de aula. O caso ocorreu em uma sala da Escola Estadual José Rosa Damasceno. O ataque à professora de 23 anos ocorreu enquanto a vítima escrevia no quadro, de costas para a classe.

Quando as chamas começaram a atingir os cabelos da educadora, a turma a alertou e ela conseguiu apagar o fogo. Ela sofreu ferimentos leves e não precisou de atendimento médico.

O menor de idade foi contido pelos colegas de turma e conduzido à sala da direção. Ficou sob os cuidados da pedagoga, enquanto a viatura da Polícia Militar era chamada. O adolescente não explicou aos policiais a razão do atentado e afirmou que sumiu com o isqueiro após atear o fogo. Ele foi conduzido à delegacia, onde registraram a ocorrência.

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE-MG) informou, em nota, que a Superintendência Regional de Ensino (SRE) de Coronel Fabriciano, responsável pela escola, está em contato com a direção e acompanha o caso. Afirmou também que os responsáveis pelo menor de idade foram chamados pela direção. O estudante será acompanhado pela equipe de inspeção escolar.

A escola do caso é modelo, recebeu em dezembro de 2021 o prêmio “Escola Transformação”, da Secretaria de Educação de Minas Gerais por desenvolver projetos pela melhora do ensino público mineiro. A instituição atende 120 alunos entre os últimos anos do ensino fundamental e o ensino médio.

Metrópoles
Postagem Anterior Próxima Postagem