Ala do PSDB defende candidatura própria do partido ao Planalto e Tasso Jereissati é um dos cotados

Foto: Divulgação

Após a renúncia do ex-governador de São Paulo, João Doria (PSDB), a sua candidatura para a Presidência da República, nesta segunda-feira (23), o PSDB agora se divide sobre indicar o senador Tasso Jereissati (PSDB) como vice na chapa da senadora Simone Tebet (MDB) ou lançar candidatura própria ao Palácio do Planalto. As informações são do jornal Estado de S.Paulo.

Caso lance candidatura própria, dois nomes aparecem como favoritos para a cabeça de chapa: Tasso Jereissati e o ex-governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB). Se o senador cearense emplacar como candidato tucano, acaba de afundar a candidatura presidencial de Ciro Gomes (PDT).

O ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio (PSDB), chegou a defender o nome de Tasso ao Planalto nesta segunda-feira (23), durante entrevista à CNN Brasil.

CN7
Postagem Anterior Próxima Postagem