Aplicativo e-Título fica fora do ar até fim do prazo de regularização


O aplicativo e-Título, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi retirado do ar nesta terça-feira (3/5). Segundo aviso no app, o serviço voltará a ficar disponível somente a partir de quinta-feira (5/5).

“Buscando priorizar os serviços relacionados ao final do prazo para emissão e/ou regularização do Título de Eleitor, os serviços do e-título ficarão temporariamente indisponíveis, retornando à normalidade no dia 5/5”, informa o aplicativo.

Procurado pelo Metrópoles, o TSE explicou que o e-Título não tem as funções de alistamento, transferência ou revisão dos dados do cadastro eleitoral. Esses serviços são prestados pelo site Título Net, e devem ser feitos até quarta-feira (4/5). O e-Título é o título de eleitor em versão digital, e poderá ser usado no dia da votação.

“Considerando a alta procura de serviços destinados ao alistamento eleitoral, a revisão ou a transferência do título existente, optou-se por limitar a emissão do e-Título, para que ele não concorra com aqueles serviços essenciais. Assim, até o término do prazo para regularização do Título de Eleitor, os serviços do e-Titulo serão limitados”, disse a assessoria do órgão.

No sistema Título Net, a corte contabilizou 381 mil atendimentos na segunda-feira (2/5). A cifra é 15% maior do que o recorde anterior, na véspera da data final de regularização nas eleições municipais de 2020. Outros 303 mil pedidos foram feitos por meio do sistema Elo da Justiça Eleitoral.

O site apresentou instabilidade nessa segunda-feira (2/5). No início da tarde, o Título Net ficou fora do ar, impedindo a realização dos serviços.

Metrópoles
Postagem Anterior Próxima Postagem