Clientes dizem que foram expulsos de bar no Ceará por gritos contra Bolsonaro

Foto: Reprodução/Google Street View

Clientes de um bar em Fortaleza disseram ter sido expulsos do local após puxarem gritos contra o presidente Jair Bolsonaro (PL). Pelas redes sociais, reclamaram do tratamento recebido no Hey Joe Food 'n' Bar, na noite de ontem.

De acordo com relatos dos frequentadores da casa, um dos proprietários encerrou o show, bateu em mesas, no balcão e na porta do bar. As reclamações geraram também uma onda de comentários no perfil do estabelecimento no Instagram, nos quais as pessoas dizem "Fora, Bolsonaro" e pedem que as pessoas não frequentem mais o local.

Outras pessoas falaram em "desrespeito com o público e com a banda". O grupo The Mob, que se apresentava no bar, não se manifestou sobre o caso.

O bar, por sua vez, divulgou uma nota de retratação. No texto, o estabelecimento pede desculpas aos que estavam no local, e diz que nos "últimos 7 anos" se firmaram "como uma casa plural, acolhendo frequentadores diversos em identidades de gênero, raças, credos e pensamentos políticos".

Segundo a publicação, um dos sócios do estabelecimento curtia um dia de folga com os amigos e se confundiu ao acreditar "que a manifestação política ocorrida na casa tivesse partido da banda": "De modo, impensado, ele tentou intervir para preservar o espaço de todos, mas sua ação foi inadequada e inoportuna."

UOL
Postagem Anterior Próxima Postagem