Cobra de cor rara “sorri” para bombeiros no momento do resgate

Foto: IFMT

O Corpo de Bombeiros do Mato Grosso encontrou uma cobra de cor rara no Instituto Federal daquele estado (IFMT), no município de Alta Floresta. Na cozinha local, onde ela estava, a serpente surpreendeu os bombeiros no resgate ao parecer sorrir para a fotografia que a equipe fazia no resgate.

O biólogo e especialista em serpentes Henrique Abrahão Charles afirmou, em entrevista ao G1 que a espécie é comum de ser encontrada na natureza, mas nessa coloração é mais atípica. “Ela faz uma triangulação da cabeça para parecer uma naja. A boca parece que está sorrindo, mas pode ter certeza que ela dá um bote atrás do outro. Ela também não é uma serpente peçonhenta, mas tem dois dentes traseiros que se morder, perfuram”, explica.

O biólogo aponta que a cobra é conhecida como “Capitão do Mato Boipeva”, da espécie Xenodon merremii. Ele explica também que essa serpente apresenta policromia, isto é, tem várias cores na genética. Ela pode ser amarela, malhada, esverdeada, ou até preta.

Essas cobras parecem com as jararacas, cascavéis e corais e por isso, muitas pessoas confundem as espécies, diz Charles. Os adultos chegam a 1 metro de comprimento, geralmente. A alimentação típica consiste em insetos, rãs, sapos e lagartos.

Antes mesmo de os Bombeiros chegarem para fazer o resgate do animal, na sexta-feira (6/5), ele havia sido capturado por servidores do IFMT. A cobra foi solta na natureza, posteriormente.
Metrópoles
Postagem Anterior Próxima Postagem