Dois meses após ser atacado por pitbulls, triatleta consegue ficar em pé e andar


Dois meses após ser atacado na perna e no pé por pitbulls durante um treino na zona rural de Leme, o triatleta Tiago Ferranti Belloube, de 41 anos, já consegue ficar em pé, andar e fazer exercícios na academia durante a recuperação em Ribeirão Preto (SP), onde mora.

Embora ainda tenha que suar bota cirúrgica e bengala, Belloube comemora poder fazer pequenas coisas do dia a dia, como ir ao banheiro para escovar os dentes, ir à cozinha e caminhar pelo prédio em que vive com a esposa.


“Eu estou mais autônomo, já consigo fazer meu prato de comida, consigo sair do quarto para cozinha. No meu prédio tem academia, então com muito cuidado eu consigo ir lá fazer uns exercícios. As coisas básicas eu consigo fazer, como escovar os dentes, que antes era minha esposa quem trazia a escova para mim na cama.”

G1
Postagem Anterior Próxima Postagem