Estudantes e professores do Ceará recebem novo material didático regionalizado

265 mil exemplares foram entregues para a rede pública de ensino(foto: Nova Escola/Divulgação)

O Ceará passa a adotar uma nova coleção de livros didáticos para o ensino fundamental da rede pública de ensino. Ao todo, mais de 250 mil livros para estudantes e quase 15 mil volumes para os professores foram recebidos pelo Governo do Estado. O novo material didático foi produzido com o auxílio de professores municipais e tem como característica o respeito à linguagem, ao contexto cultural e a outras referências regionais.

Os livros didáticos são resultado da parceria entre a Secretaria de Educação do Ceará (Seduc) e a organização sem fins lucrativos Nova Escola, voltada a oferecer recursos para educadores de escolas públicas. O diferencial do material é que foi produzido por professores das escolas cearenses da rede pública, junto com o apoio técnico dos especialistas da Seduc e da Nova Escola.

“Isso com objetivo de legitimar o material para atender a necessidades didáticas. Nada melhor do que a participação dos professores de sala de aula, dos municípios do Ceará, que estão em contato com estudantes da rede pública”, disse ao O POVO o secretário executivo de cooperação com os municípios da Seduc, Márcio Brito.

Ele também relata que, desde de 2021, o material foi estruturado e reproduzido em quantidade para todos os professores e estudantes do 1º e 2º ano do ensino fundamental. No ano de 2022, foi finalizado o material para os alunos do 3º ao 5º ano. O material conta com conhecimentos das disciplinas de português, matemática, história, geografia e ciências. Trata-se de um projeto de expansão do Programa de Alfabetização na Idade Certa (PAIC), do Governo do Ceará.

De acordo com Ana Ligia Scachetti, diretora da Nova Escola, os educadores foram escolhidos com base em um processo seletivo. "Esses professores trabalharam no material básico, que é o material nacional referência para esse trabalho, e eles foram regionalizando, adaptando, escolhendo as situações, a linguagem nos textos. Todos os detalhes para tornar esse material o mais próximo dos professores e das crianças cearenses", conta a representante.

Segundo ela, os detalhes regionais são retratados desde a capa do material, onde é possível ver regiões do Ceará, até as imagens e textos presentes em cada atividade feita nas aulas. Dessa forma, através da identificação, os estudantes podem se sentir mais conectados com o processo de aprendizagem.

Um dos destaques do novo material é a proposta de colocar os alunos como "protagonistas na construção do próprio conhecimento". Nas atividades, os alunos têm oportunidade de trabalhar em duplas e em grupo. Além disso, as tarefas propõem investigações, discussões e a busca por soluções, muitas vezes com pesquisas que são realizadas na própria escola ou na comunidade.

"Um outro diferencial são as indicações para que o professor possa ir fazendo avaliação ao longo do trabalho com os alunos. É o que a gente chama de avaliação formativa, onde o professor e os alunos podem ir avaliando o que eles aprenderam o que eles precisam desenvolver ainda", explica Ana Ligia Scachetti.

Curso para educadores

Além do material físico, os professores também podem ter acesso a um curso autoinstrucional online e gratuito. A formação tem o objetivo de introduzir os profissionais aos livros e às premissas pedagógicas, para que possam utilizar esses conhecimentos no planejamento das aulas.

O curso está disponível na plataforma da Nova Escola. A formação possui carga horária de 30 horas e tempo para conclusão de três meses, com direito a certificação.

O curso está organizado em três unidades: na primeira, o professor estudará o material a fim de conhecer as premissas pedagógicas, o alinhamento com a base curricular do Estado e identificar como elas aparecem nas aulas propostas.

Na segunda unidade, aprenderá a utilizar o Material Educacional no planejamento das aulas, com foco no desenvolvimento de habilidades dos alunos. Já a terceira unidade auxilia o professor a lidar com o material na prática docente, como gestão do tempo e da sala de aula. O curso conta com atividades práticas, videoaulas e leitura de materiais complementares.

O povo
Postagem Anterior Próxima Postagem