Governo do Ceará cede hospital polo para a Prefeitura de Sobral


A governadora do Ceará, Izolda Cela (PDT), sancionou nesta terça-feira, 3, a lei estadual de cessão do edifício do Hospital Municipal Dr. Estevam Ponte para a Prefeitura de Sobral, que passa a ser responsável pela renovação e gestão do equipamento. Com a transferência, o hospital se torna a primeira unidade da saúde municipal de referência da Região Norte. Ao todo, mais de 200 mil sobralenses, além da população de cidades vizinhas, serão beneficiados com a ação.

O Governo do Ceará investiu quase R$ 10 milhões para adquirir o hospital, por processo de desapropriação, e cedê-lo à Sobral. Em contrapartida, o município de Sobral, além de ser responsável pela gestão da unidade, vai investir cerca de R$ 10 milhões para reforma, manutenção e equipamentos. Também participaram do ato da sanção, o prefeito de Sobral, Ivo Gomes, o secretário da Saúde do Ceará, Marcos Gadelha, e o senador Cid Gomes.

“É um equipamento que passa a ser municipal, para bem servir à população de Sobral e da Região Norte com atendimento de cirurgias eletivas de média complexidade e também maternidade, UTI, enfermarias clínicas e psiquiatria, um serviço importantíssimo de saúde mental para as pessoas”, destacou a governadora.

Para o prefeito de Sobral, Ivo Gomes, a conquista da unidade de saúde era um sonho da população. "Anteriormente, eu consultei o ex-governador Camilo Santana e a governadora Izolda para saber se poderia fazer essa promessa. Eles disseram que sim e hoje estamos materializando essa intenção, através dessa lei a cessão do Hospital Dr. Estevam Ponte”, relembra o gestor.

Segundo o secretário Marcos Gadelha, a cessão do Hospital Dr. Estevam Ponte é um momento importante, porque significa mais um avanço no processo de regionalização e descentralização da Saúde. Essas ações buscam garantir serviços de saúde com mais qualidade para os municípios cearenses em tempo oportuno. “Será mais um ponto de atenção na nossa Rede, que dá acesso à população, inclusive referenciada de outros municípios, pois essa unidade já recebe incentivo da política hospitalar da Sesa para ser hospital polo e de referência na Região”.

O POVO
Postagem Anterior Próxima Postagem