Litro da gasolina comum no Ceará chega a R$ 8,20, 6º maior preço encontrado do país na pesquisa da ANP


A pesquisa semanal de preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP) em postos de combustíveis encontrou no Ceará o sexto maior preço máximo do litro da gasolina comum (R$ 8,20). O levantamento ocorreu entre os dias 24 a 30 de abril.

O preço máximo da gasolina comum na cidade cearense de Crateús só fica atrás de valores encontrados em cidades de estados de São Paulo (R$ 8,59); Rio de Janeiro (R$ 8,51); Piauí (R$ 8,39) e Maranhão (R$ 8,39), Minas Gerais (R$ 8,36) e Bahia (R$ 8,25).

Preço máximo do litro da gasolina comum

Estado    Preço máximo
São Paulo  R$ 8,59
Rio de Janeiro  R$ 8,51
Piauí          R$ 8,39
Maranhão  R$ 8,39
Minas Gerais  R$ 8,36
Bahia          R$ 8,25
Ceará          R$ 8,20
Fonte: ANP

Preço por município

Em relação ao preço máximo da gasolina comum por município, a cidade de Crateús, vem seguida de Sobral, que tem o litro do combustível vendido a R$ 7,99, no máximo. Já o preço mais em conta é em Maracanaú custando R$ 7,39.

Disparada dos preços

A pesquisa revela uma disparada de preços no Brasil dos em meio à forte alta nos preços internacionais do petróleo após a Rússia ter invadido a Ucrânia, impactados pela oferta limitada frente a demanda mundial por energia.

Desde 2016, a Petrobras adotou o chamado PPI (Preço de Paridade de Importação), após anos praticando preços controlados, sobretudo no governo Dilma Rousseff. O controle de preços era uma forma de mitigar a inflação, mas causou grandes prejuízos à petroleira.

Pela política de preços atual, os preços cobrados nas refinarias se orientam pelas flutuações do preço do barril de petróleo no mercado internacional e do câmbio.

G1 CE
Postagem Anterior Próxima Postagem