Passageiro fuma em banheiro e causa incêndio em ônibus de viagem, no Ceará

Foto: Corpo de Bombeiros/ Divulgação

Um ônibus de viagem foi destruído pelo fogo em Pindoretama, na Região Metropolitana de Fortaleza, na noite desta segunda-feira (9). Segundo a empresa responsável pelo veículo, o fogo foi causado após um passageiro fumar escondido no banheiro do coletivo. A Guanabara, empresa responsável pelo ônibus de viagem, afirma que o veículo saiu de Natal às 14h, com destino a Fortaleza, quando o incêndio ocorreu durante o trajeto.

"De acordo com depoimentos de testemunhas e imagens de vídeos realizados por passageiros, o incêndio foi causado por um passageiro que fumou no banheiro. Por lei, é proibido fumar em transporte coletivo de passageiros. A Guanabara reforça que a manutenção do veículo estava em dia e todos os procedimentos necessários para garantir a segurança dos passageiros foram adotados", disse a empresa, em nota.

Ainda conforme a empresa, ninguém ficou ferido e as bagagens dos passageiros foram retiradas do antes do fogo se alastrar no veículo. A Guanabara abriu um procedimento interno para investigar o caso. "Quando tomou ciência do sinistro, a Guanabara enviou ao local outro veículo para os passageiros seguirem viagem rumo ao seu destino final. A empresa abriu um procedimento interno para a apuração completa do sinistro e está acionando os órgãos de segurança para a identificação do responsável pelo incêndio".

Combate ao fogo
Conforme o Corpo de Bombeiros, os agentes foram acionados por volta das 22h, via Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops). Ao chegar no local, na Avenida Capitão Nogueira, o condutor do veículo relatou aos bombeiros que o fogo começou no banheiro e se espalhou rapidamente pelo ônibus.

Durante o incêndio, uma passageira passou mal ao inalar fumaça e foi socorrida por um médico que também estava viajando no coletivo. Após o primeiro atendimento, a mulher foi encaminhada para o Hospital e Maternidade de Pindoretama, onde foi medicada. No combate ao fogo, os bombeiros contaram com o apoio da Polícia Rodoviária Estadual (PRE), que controlou o fluxo na via enquanto os agentes apagavam o incêndio.
G1 CE
Postagem Anterior Próxima Postagem