Prefeitura será investigada por pagar R$ 800 mil para show de Gusttavo Lima

Foto: Divulgação

O Ministério Público de Roraima vai investigar a prefeitura de São Luiz pela contratação de um show do cantor Gusttavo Lima no valor de R$ 800 mil. Segundo os cálculos do MP, é como se cada morador da cidade, tanto adultos quanto crianças, estivessem pagando R$ 100 por um ingresso do show. A cidade tem o segundo Produto Interno Bruto (PIB) mais baixo do estado, conforme números do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A contratação, em si, não é ilegal, mas o Ministério Público questionou o segundo menor município de Roraima a respeito de como o valor do cachê foi arrecadado e qual será o retorno para os moradores da cidade.

Ao G1, o prefeito da cidade, James Batista (Solidariedade), disse que não brinca com dinheiro público e que "o evento trará receitas diretas para as contas do município que permitirão o pagamento de todas as despesas". O município tem um PIB de R$ 147,6 milhões, e possui cerca de 8 mil habitantes, de acordo com o IBGE.

O POVO
Postagem Anterior Próxima Postagem