Sargento do DF se nega a pagar conta e causa confusão generalizada em restaurante no Ceará


Um sargento da PM do Distrito Federal se recusou a pagar a conta de um restaurante e causou uma confusão generalizada no estabelecimento na Praia de Jericoacoara, litoral oeste do Ceará, na noite desta terça-feira (3). Uma câmera de segurança flagrou a confusão. 

As imagens mostram o PM próximo ao balcão, conversando um garçom. O agente aponta o dedo para rosto do trabalhador. Um outro funcionário reclama da forma como o agente fala e policial parte para cima dele. Depois, outros trabalhadores do restaurante aparecem, tentam retirar o PM do local, mas o homem reage e começa uma briga generalizada.

A Secretaria da Segurança e Defesa Social (SSPDS) afirma que o sargento do DF, de 40 anos, que não teve a identidade divulgada, foi contido por populares e levado por policiais militares, junto com o dono do restaurante e garçons, até a Delegacia Regional de Camocim.

O PM teve de assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). Ainda segundo a SSPDS, a Polícia Civil do Ceará apura a denúncia de lesão corporal causada pelo suspeito.

G1 CE
Postagem Anterior Próxima Postagem