Tarifa de contingência na conta de água não será cobrada a partir de maio, diz Izolda Cela

Foto: Carlos Gibaja/Governo do Ceará

Governadora do Ceará, Izolda Cela (PDT) anunciou, na tarde desta quinta-feira (5), em live nas redes sociais, o fim da tarifa de contingência em Fortaleza e Região Metropolitana na conta de água. A cobrança não será mais feita a partir deste mês de maio.

Izolda disse que a decisão aconteceu após uma reunião com dirigentes do sistema de Recursos Hídricos do Ceará, onde ela recebeu um relatório sobre a condição da reserva hídrica do estado nas reservas e açudes, apontando melhoria.

Segundo a governadora, o percentual atual da reserva hídrica no Ceará é de 37%, o que representa uma melhoria significativa. Em tempos de forte escassez, o estado chegou a registrar apenas 6% de reserva. Já o sistema hídrico da Região Metropolitana de Fortaleza está em 82%.

Também presente na live, Neuri Freitas, presidente da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), explicou que o consumo do mês de maio não será cobrado na conta de junho. "Todo o consumo do mês de maio já não será mais cobrado (a tarifa). Então, a fatura que o cliente da Cagece vai receber referente ao consumo de maio, que é do mês de junho, não terá mais a cobrança da tarifa de contingência", explicou.

Inserida em 2015 na conta de água dos cearenses, a tarifa foi implantada devido a um forte período de escassez hídrica no Ceará. Os recursos arrecadados são destinados exclusivamente para ações e obras relacionadas à segurança hídrica.

G1 CE
Postagem Anterior Próxima Postagem