Vereadora quer proibir venda de alimentos em formato de pênis e vagina

Foto: Reprodução/Instagram/Vereadora Jessicão

Tramita na Câmara Municipal de Londrina, no Paraná, um projeto que visa proibir a comercialização de produtos alimentícios em formato de órgãos sexuais humanos nos bares, restaurantes e estabelecimentos similares da cidade paranaense. O texto foi despachado na semana passada no Legislativo municipal e é de autoria da vereadora bolsonarista Jessicão (PP).

Na justificativa, a parlamentar diz considerar danosa a excentricidade de empreendedores que estão copiando alimentos em formatos de órgãos sexuais, conhecidos como "erotic food", ou Comida erótica.

“Trata-se de um segmento comercial danoso que fere a moral, constrange a família, as crianças e adolescentes ao expor a algo vexatório, o qual não podemos permitir que se instale no Município de Londrina/PR”, escreve Jessicão no documento entregue à Casa.

Jessicão defende ainda que o objetivo da proposta é proteger, sobretudo, as crianças e os adolescentes. “Não é somente dever da família se atentar à proteção das crianças e dos adolescentes, mas também da sociedade”, argumenta na proposta, que traz imagens de comidas deste segmento comercializadas em outros estados e cidades pelo Brasil.

O POVO
Postagem Anterior Próxima Postagem