Cobra coral venenosa é resgatada em Crateús

Foto: Reprodução/Whatsapp

Uma cobra coral verdadeira, espécie mais venenosa do Brasil, foi resgatada pelo Corpo de Bombeiros do Ceará na noite deste sábado, 18, no município de Crateús, a 359 km de Fortaleza. O animal foi localizado em um jarro, entre plantas, no quintal de uma casa.

Os bombeiros foram acionados por volta das 18h30min. Segundo o cabo Lima, líder da guarnição que atuou na operação, "o procedimento preventivo foi adequado, pois devemos sempre manter distância de animais silvestres. Principalmente quando há crianças e animais domésticos na residência", advertiu.

Apesar da potência do veneno da cobra coral verdadeira, os acidentes pela espécie representam apenas 1% dos casos com ofídicos notificados no Brasil. A baixa incidência de acidentes é minimizada pelo temperamento e anatomia característicos da cobra. 

Segundo informação do Corpo de Bombeiros, a cobra coral venenosa prefere viver escondida no solo. "A sorte é que, no Ceará, a coral verdadeira normalmente é defensiva, não caça animal de sangue quente e vive mais escondida no solo". A picada pode causar parada respiratória e posterior morte.

Perigo com outras espécies

Diferente da cobra coral, com poucos acidentes no país, as jararacas representam 90% dos casos notificados no Brasil. O Corpo de Bombeiros acrescentou que a jararaca e a cascavel também exigem cuidados especiais. "São serpentes de maior porte, maior ângulo de abertura bucal e dentes mais especializados, que utilizam o bote como mecanismo de defesa, além de poderem ser encontradas em áreas urbanas".

O povo
Postagem Anterior Próxima Postagem